BLOG

REPAROS

REPAROS

Por conta da pandemia, fomos obrigados a parar.

De forma forçosa, é verdade. Mas paramos.

O problema é que parar não é fácil. Sentimos falta da adrenalina da lida, da mente ocupada. Não à toa, o estresse que antes vinha do barulho, agora vem do silêncio.

Mas a bíblia sagrada, no livro de Eclesiastes, nos diz que “há um tempo determinado para todas as coisas” (Eclesiastes 3:1). Então, talvez agora seja o tempo parar.

E de fazer reparos.

Afinal, às vezes só consertamos o que precisa de reparos quando desaceleramos. É quando temos menos distrações, e por isso olhamos de forma mais detida para nós mesmos.

Mas não só pra nós, para os outros também.

Esse olhar é diferente, porque é provocado por uma sensibilidade que surge em dias de isolamento. E o isolamento, como que aguça os nossos sentidos e sentimentos, nos fazendo enxergar a realidade sem a costumeira miopia do dia-dia.

É quando reparos começam a ser feitos.

São dias duros, os que temos vivido. Dias de perdas, tristezas e dúvidas. Mas uma coisa é certa: se não sairmos dessa melhor do que entramos, reparos necessários não terão sido feitos.

Então, mãos a obra!

E que Deus nos ajude a permanecermos firmes e confiantes. Sairemos melhores, com fé em Deus.

E com os devidos reparos.

Por Glenio Cabral