BLOG

Vamos falar sobre o luto?

Vamos falar sobre o luto?

 

Muitas pessoas imaginam e entendem que o luto é o sofrimento experienciado por alguém que tenha perdido um membro da família ou um ente querido. Sim, essa perda pode desencadear um processo de luto, mas não somente nesses casos, pois o enlutamento pode ser acontecer quando passamos por uma perda significativa, seja qual for.


Podemos pensar em luto pela morte de um animal de estimação, pelo término de um relacionamento que criávamos expectativas, pela conclusão de um curso de graduação, por mudança de cidade, após uma demissão de um emprego que você gostava, entre outras importantes perdas, como a perda da saúde.


O que estamos falando não é o que se perde, mas a relação estabelecida entre o enlutado e o que ele perdeu. Quando se perde a saúde, por exemplo, pode haver perda decorrente de independência, autoestima, funções físicas, entre outras significativas perdas, como para quem conclui um curso de graduação, que pode experimentar o luto pela perda da rotina e dos amigos.


Embora vivenciar o luto seja um processo doloroso, em muitos casos pode ser quase insuportável, é possível encontrar em meio ao vazio provocado pela perda recursos para transpor a dor e suportar a ausência, se preparando para a reorganização da vida de quem fica e do que fica. Essa pessoa que sofreu essa perda precisa de um tempo individualizado, cada pessoa tem seu tempo de luto, dependendo da valoração dessa perda precisará de mais tempo para superar. O luto é um processo de internalização de uma perda, nesse período a pessoa precisará desse período para se organizar mentalmente.

 
Importante ressaltar que, se a pessoa que passou por alguma perda significativa está tendo dificuldades de se reorganizar, deve buscar um acompanhamento psicoterapêutico, pois a terapia o ajudará a compreender o que está sentindo e a se organizar emocionalmente. 



Jacilda Passos
Psicóloga
CRP-03/8987