BLOG

Aprenda a apreciar a vida

Aprenda a apreciar a vida

Você já conheceu alguém que reclama de tudo? Por vezes encontramos pessoas assim, e se não ficarmos atentos, nós mesmos, passamos a reclamar de situações que fogem ao nosso controle. Inicialmente precisamos entender, que apreciar a vida não tem ligação com o controle das circunstâncias, e sim, com a nossa atitude diante do que acontece conosco. Vamos pensar: criamos os nossos filhos e pensamos que eles serão de uma forma, do jeito que sonhamos, mas eles crescem e quando tornam-se diferentes do que esperamos, se não tivermos a capacidade de apreciar a vida e entender que eles podem fazer suas escolhas, ficaremos frustrados, reclamando e deixaremos de ver as muitas qualidades que eles tem. Nesta mesma lógica, ocorre em qualquer situação da nossa vida.

 

John Wooden disse: ”As coisas acontecem de uma forma melhor para aqueles que fazem o melhor com o que acontece.” Em nosso dia a dia, decidimos o que faremos com cada acontecimento, seja na família, na Igreja, no trabalho, na escola, onde quer que estejamos. Estamos sujeitos a situações desagradáveis, que por vezes fogem ao nosso controle, mas o que deve estar em nosso controle são as nossas atitudes diante dos acontecimentos. Você fica inquieto, irritado, ansioso, quando algo inesperado acontece? Você tem tendência de querer controlar as pessoas ou situações ao seu redor? Você acha que as pessoas que lhe amam tem que fazer as coisas do jeito que você quer? Você se irrita com facilidade? Você fica mau humorado com frequência? Você fala mais do que escuta? Se sua resposta for SIM para qualquer uma das perguntas é possível que precise ajustar suas atitudes para aprender a apreciar a vida.

 

Aprender a  apreciar a vida, ser grato e consequentemente ser feliz, é um aprendizado diário. Deus quer que sejamos gratos: ”Em tudo dai graças!”, Ele abomina  a murmuração: “Não murmureis, como alguns deles murmuraram, e pereceram pelo destruidor.” A pessoa que vive num estado de murmuração, sofre muito e vive sem usufruir o melhor de Deus  para sua vida, pois sempre olha os aspectos negativos da mesma.

 

Desafio você a avaliar qual tem sido sua postura diante da vida. Você tem agradecido ou reclamado mais? Se você tem agradecido, certamente tem apreciado a vida e aproveitado bons momentos ao lado das pessoas com as quais convive e ama.

 

·      Reconheça que sua atitude precisa de ajustes diariamente–  Para reclamarmos não precisamos de aprendizado, é do ser humano, mas para sermos gratos, precisamos reconhecer a necessidade de agradecermos e vivenciarmos esta atitude todos os dias. Seja grato a Deus, aos seus familiares, amigos. Seja grato pela sua existência  e pela existência das pessoas ao seu redor. É o começo!

 

·      Veja o lado positivo de tudo– Sei que há situações difíceis, mesmo nestas situações há um lado positivo. Se não vê este lado positivo (ele existe sempre), talvez seja porque sua mente está dominada pelo negativismo, pela murmuração.

 

·      Encontre sempre alguém positivo– As suas atitudes conduzem você a criar vínculos com pessoas de atitudes afins. Olhe ao seu redor: as pessoas com quem tem muita afinidade, costumam ser gratas, bem humoradas? Caso não, comece  a aproximar-se de pessoas com o perfil positivo, que sejam gratas pela vida, que encarem os desafios com bom humor. Nesta nova perspectiva verá que serão boas influências para a sua mudança de atitude.

 

·      Diga algo positivo em todas  as suas conversas– Antes de tomar qualquer decisão comece a observar sua fala. Você fala das coisas boas da vida, das bênçãos, ou só tem boca para falar das coisas ruins? Comece a vigiar sua fala e decida falar mais coisas positivas da sua vida, e para isso já deverá “ter melhorado sua visão” – vendo aspectos positivos em qualquer situação. É uma questão de decisão!

 

·         Elimine as palavras negativas do seu vocabulário– Se você decidiu apreciar a sua vida,  uma das coisas que precisa fazer é mudar seu vocabulário. O que você fala tem poder sobre suas atitudes, Tiago já dizia isso há muitos anos: “Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o corpo.” Tiago 3.2. Substitua palavras como –“Se eu pudesse fazer”, “não consigo” “estou com medo”, “nunca dá certo”, por  expressões como: “eu farei”, “eu consigo”, “estou confiante”, “vai dar certo”.  ...Como disse Henry Ford, "se você acha que pode, ou que não pode fazer alguma coisa, você tem sempre razão.”

 

·         Demonstre sua gratidão aos outros diariamente– Apreciar a vida exige que compartilhemos nossa existência com pessoas, e neste compartilhar está  a oportunidade de vivenciarmos o amor cristão, através da gratidão aos outros. Quem acha que pode viver sozinho, que não precisa compartilhar sua vida, tende a  ser murmurador, mau humorado e infeliz. Está distante da vontade perfeita de Deus. Você quer ser feliz? Precisa exercitar a gratidão aos que o rodeiam.

 

Aprenda a aproveitar a jornada, apreciando a sua vida. Você é precioso aos olhos de Deus! Sua vida é preciosa! Vivemos uma única vez. Jamais poderemos voltar e recuperar um segundo sequer, perdido com murmurações, contendas, mau humor ou semelhantes. Devemos viver a nossa vida aproveitando a jornada.

 

A felicidade, a “vida plena”, a “vida abundante” é para HOJE.

Deus nos ilumine, sempre!